Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens com o rótulo mestrado

Se até a uva passa, essa situação também vai passar!

Oh my Goddess! Mudamos para Portugal por causa do mestrado. Há três anos não existia mestrado em enologia no Brasil e meu marido queria aprimorar seu conhecimento na área. Como no Brasil eu já buscava algo no jornalismo gastronômico, pensei que em terras lusas também encontraria algo específico sobre o assunto, mas, infelizmente, a universidade não tinha nenhum curso voltado para a comunicação gastronômica. Uma vez que no Brasil a Cultura também é estudada em jornalismo e em gastronomia, percebi que havia a possibilidade de agregar o tema em Ciências da Comunicação (mais voltado para rádio, tv) ou Ciências da Cultura (que incluía saídas profissionais como jornalismo e crítica culturais). Assim apliquei a minha candidatura para a segunda opção e dois anos mais tarde, apresentei minha dissertação enfatizando a gastronomia com abordagens históricas, multiculturais e sociais sob a influência da globalização.    E agora? Uma inquietação começou seis meses antes de terminar o mestrado: tá,

Gastronomia x Mestrado x Comunicação x Jornalismo Gastronômico

Sede por conhecimento Olá meus queridos ... Essa coisa de amar cozinhar, receber as pessoas em casa, escrever sobre os restaurantes, adorar as artes, fazer curso de sommelier, tentar decifrar aromas e sabores, harmonizar vinhos e comidas e se identificar muito com o ensino, mesmo que ainda seja o Fundamental II, me impulsionam a seguir a carreira acadêmica, afunilando os estudos para buscar o meu aprimoramento profissional, pessoal e melhorar a qualidade de vida. Ano passado encontrei o curso de Jornalismo Gastronômico na Faap, mas infelizmente não pude cursar porque não teve quórum suficiente de alunos matriculados e realmente fiquei muito triste. Estava tão empolgada em poder voltar à faculdade que me formei, em poder realizar outro curso que eu queria muito em uma faculdade top, que até hoje não consigo acreditar: como um curso que no RJ já é pós graduação e que em SP ninguém sabe que existe porque não tem divulgação!? E quando damos uma busca na internet, os primeiros