Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens com o rótulo bacalhau

Vinícola Vidigal Wines - A beleza das vinhas e vinhos portugueses

Enoturismo em Lisboa E aqui estamos na última vinícola desses 10 dias de enoturismo. Chegamos em Leiria na Vidigal Wines. Super empresa e formada por uma equipe de super pessoas. Sim, tudo é super começando pelo astral como fomos recebidos pela brasileiríssima Luisa Lopes e o português-dinamarquês Antonio Mendes Lopes, casados e responsáveis pela vinícola. Foi uma visita muito agradável e um dia contagiante, cheio de histórias, sorrisos, gratidão e confraternização pela vida.   A história da vinícola "Vidigal Wines é uma empresa produtora de vinhos tranquilos e licorosos, de média dimensão e caráter familiar, localizada na zona de Leiria no Centro de Portugal. As origens da empresa datam do inicio do Século XX, numa Quinta fundada por um Cónego da Igreja.    Ao longo do ultimo século a empresa conheceu um par de donos até que no inicio dos anos 90 o atual Diretor, António Mendes Lopes – assumiu a gestão. Desde essa altura a Vidigal conheceu grandes mudanças e av

Restaurante Tia Alice - Fátima, Portugal

Tradição em cada garfada! Antes de escrever sobre o restaurante e a famosa Alice, preciso agradecer imensamente pela atenção de seu filho, Antonio Marto, que me passou todas as informações com tanto carinho e tão prontamente, que faltam palavras para expressar minha gratidão. E Portugal é assim: um povo que adora mostrar o que tem de melhor em sua tradição, cultura e lazer. Depois de termos ido ao Santuário em Fátima, a parada obrigatória para comer é aqui. A vivenda simples onde Maria Alice Marto, carinhosamente chamada por Tia Alice, morava com a família se tornou o restaurante que é hoje.    Comida típica portuguesa, a cozinha desse lugar é imensuravelmente divina. Acredito que por ser uma Marto, afinal seu bisavô era tio dos pastorinhos, Jacinta e Francisco, tenha recebido o dom da arte culinária para encantar os paladares dos turistas que chegam à Fátima dos quatro cantos do mundo. Uma turma de 42 brasileiros foi devidamente acomodada em uma charmosa sala com paredes e

A Viúva

A saga do bacalhau Olá pessoas! Tudo bem? Hoje eu estou aqui pra falar que a minha saga por bacalhau continua. Saímos pra jantar com nossos amigos/vizinhos e íamos em outro restaurante, mas o mesmo estava fechado no domingo à noite e eles nos levaram a um outro que já tínhamos ouvido falar muito bem. Fomos ao A Viúva. Aqui como está chegando o inverno, as noites estão ficando bem frias (no domingo 8 da noite fazia 1ºC) e o ambiente estava bem quentinho, acolhedor. Bom, como eu já tinha ouvido falar sobre o bacalhau de lá, não tive outra escolha a não ser esta. Porém, uma única opção no cardápio (ao meu ver, por estarmos em um país onde o bacalhau é o carro chefe, teria que ter, ao menos, três opções). Carta de vinhos com boas opções e pra harmonizar com o porco e o peixe pedimos um branco (mesmo que o pedido dos nossos amigos tivesse sido carne vermelha, eles toparam beber um branco e depois, tinto).  Bom, mas vamos para o que interessa (lembrando que são fotos minha

Quinta do Paço - Vila Real

Lugar aconchegante e bonito Uma bela segunda-feira, um casal de amigos brasileiros, em lua de mel, entrou em contato conosco, disse que estava no Douro e que gostaria de nos encontrar para jantar. Aqui é parecido com SP, alguns lugares não abrem às segundas e a nossa saga pra descobrir um bom restaurante, que fosse diferente, algo típico de Vila Real, começou às 7 da noite. A indicação veio por uma pessoa que ouviu a nossa conversa e que, educadamente, entregou o cartão da Quinta do Paço.   Quinta do Paço Pesquisando as fotos na internet, sobre o local, encontrei o site do estabelecimento que conta um pouco sobre a sua história: "... Sem grandes formalismos e muito próximo do que nos é familiar, encontra-se neste espaço uma junção harmoniosa entre o tradicional e o moderno, o rústico e o urbano, a tranquilidade e a animação. A envolvente do hotel é composta por um magnífico jardim, de onde se deslumbra no horizonte a cidade que o acolhe, a cidade de Vila Real.

Jardineira Grill

Não se faz mais restaurante como antigamente... Hoje eu vim falar sobre uma churrascaria que há muito tempo não ia e que minha amiga quis matar a saudade da carne brasileira. Morando na Irlanda há mais de um ano ela veio à São Paulo para uma visita rápida e não conhecia o Jardineira Grill. Então juntamos a fome com saudade dela de carne, a nossa saudade dela com a vontade de comer. Lá fomos nós para um almoço em pleno domingo. Nem preciso dizer que ficamos esperando um pouco, mas também chegamos por volta das 14:00 h .... queríamos sentar, bater papo, comer e matar a saudade, afinal, era muito tempo longe pra ser posto em dia em poucas horas (aliás, horário não era a nossa preocupação).    Ficamos na salinha de espera por volta de 20 minutos, ali tem um bar que você pode pedir as bebidas e um rechaud com salgadinho (bolinha de queijo, patinha de caranguejo, croquete e etc). Pedi um suco de tomate temperado e eles água e refrigerante. São 22 anos em atividade Bom, pra que

A Quinta do Bacalhau

Comida portuguesa, com certeza! A Quinta do Bacalhau é um restaurante super aconchegante, bonito e por mais que fique na estrada a caminho de Caucaia do Alto, não pense você que nunca terá gente! O almoço aos finais de semana, lota! Já o jantar é bem mais tranquilo. Sessão de Fado De tempos em tempos, eles promovem a noite do fado e costuma ser um sucesso. Pra quem gosta de fado, é um prato cheio regado ao azeite e vinho português! Mas vamos parar de lero lero e vamos ao que interessa. Variedades gastronômicas A Quinta do Bacalhau oferece várias opções de bacalhau, geralmente a porção serve 2 pessoas e nitidamente percebe-se que foi feita pra você, porque tem um Q de caseiro. São servidas em refratários brancos - aqueles que encontramos no supermercado e que temos em casa - e que saem do forno diretamente pra sua mesa. Na primeira vez que fomos, pedimos umas entradas pra conhecer: Alheira - que é um enchido português (linguiça), ovos e batatas fritas. Para o meu paladar,